A queda de cabelo masculino é comumente associada à calvície, mas diversos fatores podem estar relacionados à perda dos fios. Estresse, má alimentação, uso de medicamentos e outros podem interferir na queda. Confira alguns fatores da queda de cabelo masculino que todos os homens deveriam saber.

1 – É normal perder até 100 fios de cabelo por dia.

2 – A queda de cabelo masculino pode iniciar na adolescência, mas normalmente os primeiros sinais são percebidos após os 20 anos.

3 – Estudos indicam que mais de 25 milhões de brasileiros do sexo masculino sofrem de algum grau de calvície.

4 – A calvície masculina, ou a alopecia androgênica é uma condição hereditária e o gene pode ser herdado do pai ou da mãe.

5 – A alteração da produção do hormônio Dihidrotestosterona (DHT) está ligada à queda de cabelo masculino, já que o organismo não consegue metabolizar o excesso de hormônio.

6 – A alimentação influencia na queda de cabelo masculino. Uma dieta baseada em alimentos naturais, com baixo consumo de derivados de leite e bebidas energéticas, sem alimentos processados e industriais auxilia na manutenção dos fios.

7 – É muito importante reconhecer os motivos da queda de cabelo.

8 – O couro cabeludo pode ser afetado por doenças que provocam a queda de cabelo.

9 – Os fios de cabelo crescem em média 1cm por mês.

10 – O ciclo de renovação do cabelo tem três fases: anágena ou de crescimento e que dura de 2 a 8 anos; catágena ou de degradação, que dura até 4 semanas; e telógena, que é a fase de repouso que leva entre 2 e 4 meses.

Fatores comuns para a queda de cabelo masculino

Como vimos anteriormente, o cabelo tem um ciclo natural de crescimento e queda. Entretanto, diversos fatores influenciam na queda de cabelo masculino. Confira:

  • Dietas rígidas: a restrição calórica causa carência nutricional e metabólica e tem como consequência a queda de cabelo.
  • Alteração hormonal: problemas na tireoide, hipófise e suprarrenal que causam alterações na produção de hormônios levam a queda de cabelo.
  • Anemia: a deficiência de ferro no sangue baixa os níveis de hemoglobina, responsável pelo transporte de oxigênio no organismo. Com a falta de oxigenação dos folículos pilosos, os fios tornam-se finos e caem com facilidade.
  • Doenças virais e bacterianas: seborreia, psoríase, fungos e micoses são doenças que atingem o couro cabeludo e que prejudicam os folículos provocando a queda dos cabelos.
  • Banho quente: o banho quente resseca a pele e o couro cabeludo
  • Estresse: Situações de trauma, susto e até o estresse do dia a dia causam queda de cabelo masculino. Quando o cérebro fica em alerta constante, sem descanso, libera substâncias que influenciam nos folículos capilares ocasionando a queda de cabelo.
  • Falta de vitaminas do complexo B: responsáveis pelo metabolismo celular a falta de vitaminas do complexo B podem causar doenças de pele e do couro cabeludo.
  • Genética: A Alopecia Androgenética é uma forma de queda de cabelos determinada geneticamente e muito comum entre a população. Apesar de se manifestar de formas diferentes, a calvície genética atinge tanto homens como mulheres.
  • Uso de medicamentos (Antidepressivos): as medicações que agem no sistema nervoso central podem causar uma interrupção do ciclo normal dos fios, deixando-os vulneráveis.
  • Fumo: a diminuição do fluxo sanguíneo e a presença do monóxido de carbono da fumaça prejudicam a oxigenação dos fios, comprometendo a vitalidade dos cabelos.
  • Doença autoimune: ao atingir o sistema imunológico as doenças deixam o organismo mais propenso a infecções deixando o corpo fraco e sem forças para manter cabelos fortes.

Queda de cabelo masculino tem tratamento!

Agora que você já sabe quais as principais causas da queda de cabelo masculino fique tranquilo! Existem diversos tratamentos para reverter essa situação. Com a utilização de métodos corretos, é possível parar a queda e em casos genéticos pode-se, inclusive, retardar os efeitos da calvície.

A avaliação com um especialista vai indicar qual o melhor tratamento para mudar esse quadro e manter os fios fortes e saudáveis. Quanto antes for reconhecida a causa da queda de cabelo masculino maior a chance de recuperação.

Clique no aqui e confira todas as técnicas disponíveis para tratar a queda de cabelo masculino.