Um problema mais associado aos homens, a queda de cabelo já afeta 25% das mulheres com idades entre 35 e 40 anos, e chega a 50% naquelas com mais de 40 anos (Dados: Associação Brasileira de Cirurgia de Restauração Capilar).

Além disso, em todo o mundo, 5% das mulheres já sofrem com uma calvície severa. E se nos homens a queda de cabelo já incomoda, quando acomete as mulheres pode ser causa de grande ansiedade, sofrimento emocional e perda de autoestima.
Mas não se desespere.

Queda de cabelo: o que fazer?

Que profissional pode ajudar?

O tricologista é o especialista indicado quando o assunto é análise e tratamento de problemas do cabelo e do couro cabeludo. São profissionais que estudam e aplicam conhecimentos que favorecem a saúde dos cabelos e do couro cabeludo.

Como, frequentemente, a queda dos fios é associada a outros problemas, o tratamento capilar demanda assistência multiprofissional, de biomédicos, farmacêuticos, nutricionistas e esteticistas.

Como saber a causa da queda de cabelo?

Para identificar o problema de queda de cabelo e o que fazer, o tricologista realiza uma microscopia óptica o bulbo capilar com uma espécie de scanner dos fios e do couro cabeludo, além de outros testes e análises. A partir da verificação do estágio da queda de cabelo e os motivos que levaram ao problema é feita a indicação de um tratamento preciso e personalizado.

A avaliação para a sua queda de cabelo poderá variar de acordo com as seguintes causas:

Hormonal: ocorre principalmente em mulheres gestantes ou no pós-parto, ou como um dos sintomas de gravidez;
Genética: a hereditariedade é uma das principais causas da calvície e de outros problemas capilares;
Emocional: grandes choques, estresse diário ou traumas podem desencadear facilmente a queda de cabelo, precisando ser tratada desde o início;
Medicamentos: muitos remédios podem ser os causadores dessa disfunção, como aqueles utilizados no tratamento de câncer e de doenças cardíacas;
Secundárias: quando sua causa é sintomática de uma doença como, por exemplo, disfunção na tireoide, responsável por alterar todo o ciclo hormonal do organismo;
Excesso de química: pintar, alisar ou realizar outros procedimentos estéticos onde são aplicados agentes químicos podem levar à queda de cabelo.

Diferenciais Recupere para tratar queda de cabelo

Especialista e pioneira em Tricologia em Santa Catarina, a Recupere utiliza métodos seguros para o tratamento de queda de cabelo e problemas capilares.

Para oferecer os tratamentos mais avançados, prezando pela excelência em todos os protocolos, mantém uma equipe multidisciplinar em constante aperfeiçoamento e instalações e equipamentos com o que há de mais avançado na área. Os resultados são atestados por nossos clientes.

Você também pode deixar o problema de queda de cabelo no passado.

No próximo post, aqui no Blog da Recupere, saiba tudo sobre a calvície feminina, suas causas e os principais tratamentos.