Problemas Capilares

Recupere trata diversas alterações capilares.

Atuamos com tratamentos tricológicos estéticos não invasivos. Eles têm a função de estimular os folículos pilosos e aumentar a proliferação celular através do aumento do aporte sanguíneo, bem como estimulação das mitocôndrias, através da fotobiomodulação e terapia a laser, diminuindo a queda e fortalecendo os fios. Realizamos nossos protocolos com equipamentos de desobstrução folicular, para eliminar descamações e excesso de oleosidade, dermatites e controle da psoríase.
Após a análise tricológica, indicamos o tratamento mais apropriado. Atuamos com protocolos semanais, quinzenais e mensais, para facilitar que clientes de outras cidades e estados também possam realizar os procedimentos.

 

Conheça um pouco mais sobre os problemas capilares e suas possíveis causas:

Alopecia Androgenética Feminina (Calvície)

A alopecia androgênica (calvície) é uma manifestação fisiológica que atinge principalmente os homens, mas que também pode afetar as mulheres. Ocorre devido à uma herança genética e o histórico de calvície pode vir tanto do lado da mãe como do pai.

Pesquisas recentes mostram que essa condição afeta cada vez mais as mulheres da nossa atualidade, o stress, as variadas jornadas diárias de trabalho e o abuso com as químicas tem contribuído para que esse dado aumente consideravelmente.

Alopecia Androgenética Masculina (Calvície)

A calvície masculina inicia-se na região das têmporas (“entradas”), e evolui acometendo todo o topo do couro cabeludo até a região do vertex (“coroa”).
Alopecia ou calvície é decorrente de uma alteração genética e hormonal denominada por Alopecia Androgenética (AAG).
A AAG é uma combinação da hereditariedade com a ação dos hormônios androgênicos que incluem a testosterona que reage com uma enzima a 5 Alfa Redutase, transformando-a em DHT.
O cabelo acometido nas partes mais afetadas pela DHT é a região frontal e superior da cabeça. Por outro lado, o cabelo da região occipital e temporal (parte posterior da cabeça e acima das orelhas) é permanente, pois não é afetado pelo DHT.

Alopecia Areata

Alopecia Areata conhecida vulgarmente como “pelada” é uma desordem autoimune de causa desconhecida que se caracteriza pela repentina redução ou ausência de pelos ou cabelos em uma determinada área do corpo, geralmente o couro cabeludo.
Possui evolução progressiva e costuma apresentar-se em forma de círculos no couro cabeludo, mas também pode afetar outras regiões do corpo. Acomete por igual homens e mulheres de qualquer idade. O estresse é um fator que está relacionado a casos de Alopecia Areata.

Alopecia por Tração

Tipicamente a alopecia por tração é associada a uma tensão frequente nos cabelos que acontece quando se faz certos tipos de penteados. Por isso, esse tipo de calvície é mais comum em mulheres, embora também possa ocorrer com homens. Rabos de cavalo, coques e tranças apertadas podem causar o problema, assim como fazer escova ou passar longos períodos com uso extensões capilares (mega hair).

Caspas

As caspas são finas escamas brancas que provêm do couro cabeludo. Elas podem ser de dois tipos: caspa seca ou oleosa.
As caspas secas estão mais relacionadas com uma aceleração da regeneração das células do couro cabeludo. Já as oleosas podem estar relacionas com uma dermatite seborréica, psoríase ou alta proliferação de fungos.

Dermatite Seborreica

Dermatite seborreica é uma afecção crônica que se manifesta em partes do corpo onde existe maior produção de óleo pelas glândulas sebáceas ou a presença de um fungo, o Pityrosporum Ovale.
Ela se manifesta sob a forma de lesões avermelhadas que descamam e coçam principalmente no couro cabeludo, sobrancelhas, barba, perto do nariz, atrás e dentro das orelhas, seios, costas e nas dobras de pele (axilas, virilhas e de baixo dos seios). A dermatite seborreica não é contagiosa.

Excesso de Oleosidade

É a maior produção de óleo pelas glândulas sebáceas do couro cabeludo. As mudanças bruscas de temperatura, mau uso do secador entre outras, promovem o aumento da transpiração e também da produção de sebo, uma das proteções naturais da pele. Isso pode provocar oleosidade excessiva e seborréia, o que em breve causará, sem sombra de dúvidas, a queda dos cabelos.

Foliculite

Caracterizada pela inflamação dos folículos pilosos, essa inflamação é causada com maior frequência por um tipo de bactéria. Causa edema, dor, lesões vermelhas e pústulas, em alguns casos os cabelos formam tufos, provocando grande desconforto e coceira.

Psoríase no couro cabeludo

A psoríase do couro cabeludo é uma das formas de psoríase mais predominantes, sendo frequentemente o precursor de outras formas. Apresenta-se tipicamente como grandes placas espessas que se estendem até à testa, bem abaixo da linha do cabelo, como uma “touca” nitidamente demarcada, ou como manchas discretas, causam muita descamação e desconforto.

Pré e Pós implante capilar

O implante capilar é um grande aliado no combate a calvície, entretanto existem na Tricologia tratamentos que auxiliam nesse processo. O tratamento a laser e de fotobiomodulação contribui para uma melhora cicatrização e fortalecimento dos fios pós cirurgia, além de promover um fortalecimento capilar antes do procedimento cirúrgico.

Eflúvios Telógenos

São quedas capilares que geralmente assustam, pois os cabelos caem em grande quantidade e por períodos que podem variar e em muitos casos a queda persiste por meses. Esses eflúvios podem ser ocasionados por:
Estresse;
Ansiedade;
Mudanças na rotina (trabalho, cidade);
Pós parto;
Pós cirurgia;
Inflamações;
Dietas inadequadas;
Traumas emocionais, entre outros.
Esses fatores podem alterar o ciclo capilar, resultando em uma queda capilar intensa e por isso se faz necessária uma boa investigação com uma equipe multidisciplinar, para que o melhor tratamento seja indicado.

A Recupere oferece tratamento de caráter ESTÉTICO e BIOMÉDICO.
Os casos patológicos serão encaminhados para tratamento médico dermatológico.