O fato de possuir um problema capilar de pré disposição genética, não significa que tudo está perdido, nem mesmo que você deve se conformar com essa situação. Imagine uma pessoa com pré disposição ao diabetes se ela cuidar da alimentação, realizar atividades físicas talvez nunca venha desenvolver a doença. O mesmo ocorre com os cabelos, é preciso cuidar dos fatores que podem aumentar ou diminuir a expressão do gene a queda do cabelo. Estudos demonstram que a genética influência em apenas 25% sobre as doenças que desenvolvemos e os 75% restantes, são causados pelos fatores ambientais ou seja, alimentação, estresse, estilo de vida. Na Recupere oferecemos diversos tratamentos, mesmo para casos genéticos.

Agenda sua avaliação!